segunda-feira, 26 de março de 2018

ENCANTADO JARDIM DA MINHA INFÂNCIA *

30 Hectares de pinhal. Uma gota no oceano que é o Pinhal de Leiria.
Éramos cerca de 2000 pessoas, plantámos 67 500 pinheiros em poucas horas.
Nunca mais vou ver o pinhal como sempre o conheci até ao dia 15 de Outubro de 2017.
Mas, o Pinhal está no meu ADN.
Que as gerações vindouras possam usufruir daquilo que vamos semeando. 






* Do poema "Pinhal do Rei" de Afonso Lopes Vieira



23 comentários:

  1. Para mim que não conhecia o pinhal, este tem apenas o significado de tantos outros hectares de pulmão verde que se foi infelizmente! Mas para quem conhecia acredito que o murro no estômago seja bem mais forte, pois juntamente com a área ardida, recordações foram também reduzidas a pó!
    Um bem haja a todos vocês que trabalham para que o pinhal volte a sorrir!
    (Vi este fim de semana a reportagem onde se cantava o hino e estavam todos com as ferramentas nas mãos para começarem a plantar!)
    Beijinho e boa semana.[(#)]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este foi quase um gesto simbólico, muito há para fazer. Mas, temos que fazer alguma coisa, começar devagar.
      Agora vivemos entre dunas e mar.
      Todos os dias me desloco entre pinhal e dói vê-lo despido.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Magui não me viste? Também lá estive, Andava mascarada de ciclista e com a bike na mão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba, não te vi! Eu na mão tinha uma pá de jardim 🌲🌲

      Eliminar
  3. Um bonito gesto, e necessário.. pena que apenas poucas pessoas se preocupem com o que está para vir..
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para a próxima, acredito que seremos mais.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Foi uma desgraça a nível mundial. Um sufoco, uma autêntica tragédia. Oxalá nunca mais volte a acontecer os fogos que devastaram pinhais, campos, serras, casas e, essencialmente vidas humanas e nem só. Oxalá...
    .
    * . São os teus olhos, faróis de amor *
    .
    Desejando um feliz início de semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui na zona de Leiria, sera dificil voltar a acontecer com aquela dimensão, pois praticamente já nada resta para arder.
      Séculos de história perdidos em poucas horas.
      Abraço Gil António

      Eliminar
  5. Pequeno caso sério26 março, 2018

    Podes não acreditar mas quando vi a reportagem no jornal da hora do almoço pensei que estavas lá.
    Como vês,mesmo sem nunca te ter posto a vista em cima,já te vou conhecendo um bocadinho.
    ��������

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estarei sempre que for preciso.
      É urgente começar a reaborizar.
      Fico feliz por teres pensado assim.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Que venham mais e que também o estado de ponha em campo para actuar.

      Eliminar
  7. Uma perda enorme sim :( mas ainda os vais ver granditos, a vossa atitude foi de elogiar, vi na tv.
    Beijinho Magui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mena.
      Um pinheiro demora em média para crescer, 40 anos.
      Talvez ainda assista à juventude de alguns.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Sem dares por ti, fizeste um trilho no pinhal de leiria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vou estar de olho nele, vou vê-lo crescer a pouco e pouco!

      Eliminar
  9. Eu vi na televisão.
    Espero que a tragédia nunca mais aconteça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que todos desejamos, que não se repita tamanho crime.

      Eliminar
  10. Estás iniciativas são de louvar agora vamos lá ver o que o estado vai fazer com o resto dos pinhais e matas que lhes está nãos será mesmo que irão limpar
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O estado não é bom exemplo de mada.

      Eliminar
  11. Bem hajam todos aqueles que estão a tentar reavivar o centenário Pinhal de Leiria.
    Que crime mais hediondo queimar aquela mancha de verde com lugar na História! :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Crime que devia ser punido com pena pesada, mesmo para aqueles que fazem queimadas e inadvertidamente provocam estas tragédias.

      Eliminar