quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

TRÊS ANOS

Dizem que os filhos não são nossos, apenas os pomos no mundo.
Eu creio que os filhos são nossos sim, apenas não somos donos dos seus sonhos, das suas escolhas, das suas vidas.
São nossas as suas frustrações, as suas alegrias, as suas dores, os seus voos.
É tão nosso o amor imenso que não se esgota ou enfraquece.
Quando já cá não estivermos, seremos lembrados como a mãe/pai de a ou b.
As minhas filhas são tão minhas como os sinais que tenho cravados na pele.
São minhas (ok, e do pai) e de mais ninguém.
Empresto-as ao mundo para serem felizes, de contrário unia todo o meu egoísmo e andava sempre com elas de mão dada como quando eram crianças.
Hoje que faz três anos que foste embora para conquistar um futuro, quero que saibas (que lembres) que tenho saudades tuas todos os dias, todas as horas, que penso em ti acordada e sonho-te a dormir.
Todo este tempo não me tornou amargurada nem infeliz, porque o meu amor por ti é maior que qualquer ausência.



24 comentários:

  1. Deve ser complicado estar longe, mas é por um motivo nobre!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que mais complicado é estarem perto, mas frustrados e infelizes.
      Bjs

      Eliminar
  2. Pequeno caso sério07 fevereiro, 2018

    Só uma grande mulher consegue gerir essas ausências mas só uma grande mãe consegue emprestar os filhos ao mundo para serem felizes. Quando for grande, quero ser como tu.

    Escreveste bonito e puxaste aqui uma lagrimita. Brigadinho. Agora , além de desgrenhada , também pareço um panda toda esborratada.

    Magui Ferreira a descompor ' ssoas desde mil nove e troca o passo.

    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estás a usar a máscara (rímel, no meu tempo) à prova de lágrima ;)
      Obrigada pelas palavras, acredita que não tenho nem sou nada de especial, sou só uma mãe e como tal desejo o melhor para as minhas filhas e o melhor é aquilo que elas quiserem ser e onde.
      Eu limito-me a amar e a respeita-las.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. O amor de mãe é bonito, desde que não seja obsessivo nem castrador.

      Eliminar
  4. Que bonito Magui. As saudades são mais que muitas mas é assim, damos-lhes as asas, ensinamo-los a voar e eles... voam. E nós ficamos aqui num misto de emoções a tentar gerir tudo dentro de nós. Beijocas e anima-te :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente tenho conseguido gerir bem as emoções, por mim e por ela, o que não me torna melhor que ninguém. Cada um reage à sua maneira.
      Se eu estiver bem e equilibrada, mais facilmente a posso ajudar no que ela necessitar. Com muita saudade, mas sem drama.
      Beijinho

      Eliminar
  5. As palavras que fazem os sentimentos emergir quando são lidas, são "grandes". R p.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns para ti, pelo apoio, pelo carinho, pela amizade. Por estares sempre aqui por mim e por elas.
      És o meu porto seguro.
      Beijos mil.

      Eliminar
  6. Lindo MAgui, as tuas filhas têm uma mãe fantástica <3
    A minha também é assim como tu, eu não tive filhos, mas entendo esse amor eterno, como eu tenho por ela.
    Que a vida vos sorria sempre.
    Beiinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sou nada fantástica, sou uma chata.
      Obrigada, desejo-te o mesmo.
      Beijinho

      Eliminar
  7. Por mais que tentemos resistir (emoção) sabemos que temos que deixar voar os filhos (razão).
    Só nos resta preparar esse voo e estar atentos quando ele acontece.
    Tenho duas filhas.
    LINDAS!!
    Uma está a estudar em Hong Kong (tem quase 20 anos), a outra (14) está ainda aqui em Macau.
    Encorajo-as para, nos estudos, aproveitarem para sair, conhecer outros países, outras culturas, decidirem qual é o lugar no Mundo que escolhem.
    O pai e a mãe estarão aqui sempre para as apoiar sem as atrofiar.
    Assisti ao dois partos e, a partir do dia em que nasceram, passei a perceber perfeitamente o que é amar alguém muito mais que a própria vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tenho duas lindas 👭
      Acho muito importante o pai assistir ao parto, o meu marido assistiu e foi um grande apoio.
      Ao princípio fiquei zangada, a minha filha com uma profissão que tanta falta faz em Portugal e teve que ir exercer para outro país.
      É a nossa função amar e apoiar os filhos e nada se compara a isso.

      Eliminar
  8. A saudade é um sentimento dificil de gerir...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para nosso bem temos de aprender a geri-la.

      Eliminar
  9. Fui ler-te no passado para perceber o que teria acontecido! Nada de mais...
    Apenas abriste a gaiola e deixaste-a voar! Se bem que poderia ser para mais perto... Deve custar sim, mas o amor é isto mesmo, dar asas para poderem voar!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vê-la voar dá-me um orgulho imenso.
      Beijinho

      Eliminar
  10. E, por muito que custe, deixá-los partir é a maior prova de amor.

    ResponderEliminar
  11. e pronto...cá soltei a lágrima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando era mais nova as lágrimas soltavam-se com facilidade, agora endureci e tenho pena de não as soltar mais vezes.

      Eliminar