terça-feira, 14 de maio de 2019

MOMENTO POÉTICO

As câmaras municipais têm desenvolvido um trabalho meritório na recolha de testemunhos junto dos mais idosos no sentido de divulgar património imaterial, de forma a que a cultura popular se mantenha e não se perca no tempo.
Partilho convosco um poema do livro Conta-me como era: Memórias e Tradições, editado pelo Município de Ansião.

"Dei um beijo à minha amada

Dei um beijo à minha amada
Às escondidas do padre,
Ela mostrou saudades e
Depois pediu-me mais.

Continuei a beijá-la.
Cada vez com mais ardor.
Mais abaixo disse ela
Mais abaixo meu amor.

Eu tirei-lhe o soutien,
Dei-lhe um beijo em cada seio.
Mais abaixo meu amor,
Mais abaixo sem receio.

Tirei-lhe então as calcinhas,
Dei-lhe um beijo no umbigo.
Mais abaixo me disse ela,
Mais abaixo não há perigo.

Olhei para o sítio indicado,
Meu corpo recuou,
Dou-te um beijo em todo o lado,
Mas aí é que eu não dou."

Conceição Simões - Fundação Nossa Senhora da Guia, Avelar


35 comentários:

  1. Ora pois. Não queria mais nada... Loool Ele é que foi fino!:)

    Coração desorientado...aflito...
    Beijos e um excelente dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costuma alguma coisa fazer a amada, feliz? 😄
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Dois alentejanos vieram a Lisboa e foram comer um hambúrguer ao McDonald.
    Vira-se a dona Cacilda para o marido e pergunta:
    Manel, queres ketchup?
    Na, na, na. Deixa-te lá de merdas, porque atrás de umas vêm as outras e, daqui a nada, queres que te dê beijinhos na rola. ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, os alentejanos pagam sempre a fava 😊😊😊

      Eliminar
  3. como é que cantava o Herman (Canção do Beijinho)?
    Ora dá cá um, e depois dá outro, depois dá mais um que só dois é pouco.

    ResponderEliminar
  4. O veneno esta na cauda,não está.

    ResponderEliminar
  5. Aterrar num matagal
    é coisa difícil
    só em desgraça total há há há há-,`)

    Bom e feliz dia de Primavera pra todos
    e beijinhos de aqui dos Calhaus-,`

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei onde iria aterrar, mas o poema está demais ;)
      Abraço

      Eliminar
  6. Boa disposição por aqui!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. Joaquim Rosario15 maio, 2019

    Bom dia
    Há uma canção que canto no Karaoke que se chama " O malhao do beijo " que tem muita semelhança com este poema . Foi com certeza inspirado nessas tradições que alguém o escreveu .
    Só não sei porque não da o homem o beijo naquele sitio .
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Joaquim
      Possivelmente foi inspirado neste poema e ainda bem, é uma maneira de as preservar
      Pois, isso também não sei :D

      Eliminar
  8. kkkkkkkkkkkk que mal agradecido :)) Não se faz:))

    Hoje :- Sinto o perfume no ar numa distância atroz

    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta - Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os homens são seres estranhos :))
      Beijinho

      Eliminar
    2. Os seres humanos são seres estranhos, Magui! Hehe.

      Eliminar
  9. Não pode ir por ali abaixo a dar beijocas... ;-p

    ResponderEliminar
  10. Ah ah ah o que eu me ri com este momento poético!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha só no que pensavam os nossos avozinhos :p
      Beijinho

      Eliminar
  11. ahahahah ai ca miuda era atrevida :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Isto é uma mistura das "cantigas de amigo" de D. Dinis com as "cantigas de escárnio e maldizer" de Bocage, mas dos tempos modernos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse algum deles, não seria tão recatado.
      Obrigada pela visita.

      Eliminar
  13. E depois as mulheres é que são umas santas, esta era sem dúvida uma desencaminhadora hahh!!
    xoox

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coitada, queria festa ☺️☺️
      Beijinho

      Eliminar
  14. Ahahaah não queria ela mai nada ein?
    Tb dava uma bela de uma canção esse poema eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aposto que ganhavamos o festival da canção :)))

      Eliminar